Final feliz para a Mercedes é com Hamilton campeão.

A temporada de 2014 está chegando ao fim. Um ano marcado pelo domínio da equipe Mercedes e pela disputa entre seus dois pilotos. A escuderia alemã confirmou os rumores que tomavam o paddock desde o ano passado e desenvolveu uma unidade motriz infinitamente superior à da concorrência. Devido a isso, o campeonato de construtores foi definido com certa antecedência.

Amanhã, apenas um terá motivo para festejar.

Não há dúvida! A preferência da Mercedes é por Lewis Hamilton! A equipe não esconde este desejo, mostrando-se preocupada com o sistema de pontos dobrados introduzido este ano e que pode dar a Rosberg a chance de reverter a diferença de 17 pontos. Eis as declarações dadas por Toto Wolff:

Esperançosamente, os pontos dobrados não farão diferença. Seria colocada uma grande sombra sobre o campeonato, se ele se transformasse em uma questão técnica. Quem quer que tenha mais pontos no fim da temporada é o digno campeão. Entretanto, se realmente chegar a esse ponto, alguns de nós terão uma sensação diferente sobre isso, assim são as coisas.”

Desejo da equipe.

Desejo da equipe.

O inglês, que faz a melhor temporada de sua carreira, conquistou dez vitórias contra cinco de Rosberg, mostrou-se mais maduro e, embora tenha cometido alguns erros, conseguiu superar situações de grande desvantagem pelo menos duas vezes. Mas estes não são os motivos que fazem de Lewis o preferido.

As verdadeiras razões se resumem à questão financeira e já foram discutidas anteriormente em outros posts, notadamente nestes: http://wp.me/p4f3dZ-2y e http://wp.me/p4f3dZ-a5). Fosse a situação inversa e Hamilton estivesse na segunda colocação, Toto Wolff certamente estaria parabenizando o idealizador da pontuação dobrada, mas como ele disse, assim são as coisas.

Apesar disso, a Mercedes não dá mostras de que irá interferir diretamente na disputa. Prova disso é que Nico Rosberg cravou a pole position no circuito de Yas Marina, enquanto Hamilton sairá da segunda posição, o suficiente para assegurar o seu segundo título.

E isso só não acontecerá caso haja alguma falha técnica ou acidente que o tire definitivamente do GP de Abu Dhabi. Ainda que eventualmente Hamilton perca algumas posições na largada, a vantagem do carro da escuderia alemã é grande o suficiente para que ele se recupere no decorrer da corrida.

Difícil, mas não impossível.

Difícil, mas não impossível.

Quem será o campeão?

Não adianta tentar adivinhar. O inglês tem vantagem considerável, fez uma grande temporada e, no geral, foi melhor do que seu companheiro. Mas corridas são imprevisíveis e por isso o clima de tensão e ansiedade estão presentes de forma acentuada nessa decisão.

Se Hamilton ganhou dez vezes, Rosberg fez mais poles, e trabalhou duro para chegar à última etapa com chances reais de título. Se Lewis é naturalmente mais talentoso, Nico tem a disciplina como aliada. Argumentos não faltam para ambos…

Portanto, desde já, parabéns ao vencedor! Seja quem for o campeão, o título estará bem representado.

22/11/14.

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s