Enfim, a sorte volta a andar ao lado de Felipe Massa.

Depois de um longo tempo, Felipe Massa volta a ser, positivamente, o centro das atenções em um fim de semana de Grande Prêmio, pois conseguiu a 16ª pole position da carreira. A última havia sido no ano de 2008, em Interlagos, naquele memorável e triste GP para os brasileiros.

O resultado, de certa forma inesperado, vem em boa hora para Felipe. Na última corrida, o brasileiro se envolveu num controverso acidente com Sergio Pérez, que culminou com a perda de cinco posições no grid para o piloto da Force India. Apesar da maioria dos especialistas terem considerado um incidente de corrida, a punição do mexicano foi mantida.

Massa na luta pela Pole.

Massa na luta pela Pole.

A Williams já havia apresentado um bom desempenho durante o fim de semana e principalmente no terceiro treino livre, que foi liderado pelo companheiro de Massa, o finlandês Valtteri Bottas. Todos esperavam um bom resultado da equipe inglesa, mas não a ponto de desbancar a Mercedes, como bem ponderou Alan Mcnish, comentarista dada BBC:

Nós vimos uma batalha muito acirrada e chega a dar água na boca para esta tarde (horário local da classificação). O Povo da frente continua lá, mas há um pouco de pimenta adicionada ali. Eu acredito que a Mercedes tenha um pouco de vantagem, mas a Williams pode muito bem conseguir uma segunda fila, logo atrás deles

A classificação reservaria outras surpresas. Bottas estava desbancando seu companheiro e surpreendentemente também os pilotos da Mercedes na primeira tentativa do Q3. Porém, em sua segunda tentativa, o finlandês cometeu um erro e não conseguiu baixar seu tempo.

Massa, Rosberg e Bottas. A largada promete.

Massa, Rosberg e Bottas. A largada promete.

Rosberg e Hamilton também falharam em suas voltas. O alemão ainda conseguiu ficar em terceiro, mas o inglês, que largará apenas em nono, não chegou sequer a marcar tempo. Resultado? Felipe Massa conseguiu baixar 87 milésimos o tempo de Bottas e conquistou a pole do GP da Áustria:

Estou muito feliz com o que aconteceu hoje. Para a equipe foi um grande momento. Já faz um longo tempo desde a última vez que fui pole position, que foi no Brasil em 2008, então é um momento incrível… Este é o melhor lugar para estar. É onde eu tive a chance de estar muitas vezes em minha carreira e estou novamente agora. Estou feliz, muito emocionado. Muito satisfeito por mim e pela Williams também. Nós largaremos em uma posição melhor e precisamos ver como a Mercedes estará na corrida, mas, definitivamente, tentaremos tudo o que pudermos.

Sua inesperada pole dará contornos emocionantes à manhã de domingo. Nico Rosberg largará em terceiro e tentará a todo custo uma vitória para ampliar sua liderança, enquanto Hamilton, que já esta com uma desvantagem de 22 pontos, sairá da nona posição.

Em tese, promessa de uma grande corrida no veloz circuito de Spielberg. Sem dúvida, os erros dos adversários facilitaram a vida do brasileiro. Depois de uma longa maré de “azar”, a sorte parece estar de volta.

E nunca é demais lembrar: ela costuma andar ao lado do competente.

21/06/14.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s